Home » Seminário: “Ganhadores: a greve negra de 1857 na Bahia”, com João Reis

Seminário: “Ganhadores: a greve negra de 1857 na Bahia”, com João Reis

Em 3 de maio o historiador João Reis, da Universidade Federal da Bahia e Pesquisador Convidado do Mecila, apresentou o seminário “Ganhadores, a greve negra de 1857 na Bahia“. Este foi mais um dos eventos realizados integrantes da série de Seminários Cebrap 2019.

O professor Reis, um dos mais reconhecidos estudiosos da escravidão no Brasil, discutiu o trabalho que resultou no livro que dá título ao seminário, publicado pela editora Companhia das Letras.

O trabalho de debruça sobre o evento iniciado em 1º de junho de 1857, quando as ruas de Salvador testemunharam o primeiro dia de paralisação daqueles que trabalhavam como carregadores. Homens negros, escravos ou não, iniciavam um movimento contra novas formas de controle estatal sobre seu trabalho e seus corpos – de novos impostos a novas tipos de repressão policial.

Quais as condições para esse movimento? Qual foi o papel da dimensão étnica na organização desses trabalhadores? Como se deu e quais foram, afinal, as consequências dessa greve? Essas foram algumas das questões centrais abordadas pelo pesquisador, que lança um novo olhar sobre um fato histórico que abalou a vida urbana e a economia da Salvador de então, que largamente se valia do trabalho desses homens.

A apresentação pode ser assistida na íntegra logo abaixo.