Home » Seminário: “Muertes que importan”, com Gabriel Kessler

Seminário: “Muertes que importan”, com Gabriel Kessler

Em 12 de abril o sociólogo Gabriel Kessler da Universidad Nacional de La Plata e Pesquisador Convidado do Mecila apresentou o seminário “Muertes que importan – uma mirada sociohistórica sobre los casos que marcaran la Argentina reciente”. O evento integrou a agenda dos Seminários Cebrap 2019, sendo, como sempre, aberto ao público.

A apresentação sintetizou um amplo trabalho de pesquisa do Prof. Kessler em conjunto com a Professora Sandra Gayol, da Universidad Nacional de General Sarmiento, que resultou no livro que dá nome ao seminário. Uma síntese dessas investigações pode ser encontrada no artigo “Cuando las muertes transforman: la lucha contra las violencias estatales en la Argentina reciente”

O trabalho se debruça sobre uma série de mortes violentas produzidas pelo Estado argentino entre 1985 e 2004, já no contexto da democracia. Como o poder público lidou com elas e de que modo a comoção com essas mortes se converteu em pressão sobre o Estado, vocalizando demandas políticas e sociais? Mas, sobretudo, por que e como foram essas mortes, e não outras, que ganharam protagonismo? Essas são questões que a pesquisa busca enfrentar.

A íntegra da apresentação e do debate pode ser encontrada no vídeo abaixo.