Home » Instituições

Instituições

Freie Universität Berlin (Berlim, Alemanha)

A Freie Universität Berlin (FU Berlin) – que assume o papel de coordenação do Mecila – é uma das principais universidades alemãs, tendo sido nomeada em 2007 e 2019 universidade de excelência dentro da Iniciativa de Excelência do governo alemão. A FU Berlin que se define como  uma “International Network University”, está trabalhando para expandir sua presença internacional com sete escritórios de representação estratégicos em: Pequim, Bruxelas, Cairo, Nova Delhi, Nova Iorque, Moscou e São Paulo.

O Lateinamerika-Institut (Institute of Latin American Studies, LAI) da Freie Universität Berlin, fundado em 1969, é um centro de pesquisa e ensino com enfoque interdisciplinar nas humanidades e nas ciências sociais e especialização na América Latina e no Caribe. Nos últimos anos o LAI desenvolveu projetos colaborativos internacionais de longo prazo com parceiros latino-americanos, como as redes Entre Espacios/Zwischen RäumendesiguALdades.net e trAndeS.

 

Universität zu Köln (Colônia, Alemanha)

Como uma das mais antigas instituições acadêmicas da Europa, a Universität zu Köln (Universidade de Colônia, UzK) é a segunda maior universidade da Alemanha. Logrou ser reconhecida como universidade de excelência dentro da Iniciativa de Excelência do governo alemão. Dentro da estratégia de desenvolvimento da universidade a internacionalização também desempenha um papel vital. Além de contar com quatro escritórios de representação em Pequim, Nova Delhi, Nova Iorque e Pondicherry, a UzK  firmou um número considerável de parcerias estratégicas com instituições acadêmicas em todos os continentes.

Colônia possui um Zentrum Lateinamerika/ Centro Latinoamericano de Colonia (CLAC) e um programa de Estudos de Área para a América Latina se destacando como única instituição a hospedar um departamento especial para a história da América Latina. Colônia coordenou o Research Network for Latin America: Ethnicity, Citizenship, Belonging  (financiada pelo BMBF 2010-2016) e estabeleceu em 2014, o Global South Studies Center (GSSC) o qual congrega pesquisadores e resultados de pesquisa, dentro da Universidade de Colônia, relacionados com a África, Ásia e América Latina e promove a cooperação interdisciplinar com pesquisadoras/es de destaque na Alemanha e no exterior.

 

Ibero-Amerikanisches Institut (Berlim, Alemanha)

O Ibero-Amerikanisches Institut (Instituto Ibero-Americano, IAI) é um centro interdisciplinar de intercâmbio acadêmico e cultural entre a Alemanha, a América Latina, o Caribe, a Espanha e Portugal. Ele abriga a maior biblioteca de pesquisa da Europa sobre países ibéricos, latino-americanos e caribenhos. A cada ano, mais de 70 cientistas internacionais são convidados a realizarem suas pesquisas no Instituto, usufruindo de sua infraestrutura única. O Instituto também desenvolve projetos de pesquisa e participa de vários projetos conjuntos com outras universidades (entre outros:  desiguALdades.netEULAC Focus, Cluster of Excellence “Image, Knowledge, Gestaltung: An Interdisciplinary Laboratory”). A instituição possui uma extensa rede de contatos na América Latina e no Caribe, caracterizada por uma cooperação multifacetada em pesquisa, operação de bibliotecas e eventos culturais, bem como a participação em comitês internacionais. Além de laços de cooperação de longa data com todos os outros membros institucionais do Consórcio, o IAI também coopera com fundações políticas, ministérios de relações exteriores e ministérios da ciência, bem como com organizações que fornecem bolsas de pesquisa na América Latina e no Caribe. O Ibero-Amerikanisches Institut faz parte da Stiftung Preußischer Kulturbesitz (Fundação do Patrimônio Cultural Prussiano, SPK), uma fundação cultural de renome internacional, com museus, bibliotecas, arquivos e institutos de pesquisa, sendo um importante player das ciências humanas e sociais.

 

Universidade de São Paulo (São Paulo, Brasil)

A Universidade de São Paulo (USP) é uma das universidades públicas financiadas pelo Estado de São Paulo e uma das instituições acadêmicas mais destacadas do Brasil. Na USP, a pesquisa e o ensino são conduzidos em praticamente todas as principais disciplinas existentes. A Universidade tem longa experiência na gestão e implementação de projetos de pesquisa internacionais e coopera estreitamente com parceiros alemães, latino-americanos e outros parceiros internacionais. Com base em acordos de cooperação, a USP mantém um programa muito ativo de intercâmbio de estudantes e pesquisa com a Freie Universität Berlin, a Universität zu Köln, o Ibero-Amerikanisches Institut, o El Colegio de México e o Instituto de Investigaciones en Humanidades y Ciencias Sociales (CONICET / UNLP). Também conduz diversos projetos conjuntos de pesquisa com o CEBRAP como o Centro de Estudos Metropolitanos, criado em 2000 e sediado por ambas as instituições.

 

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (São Paulo, Brasil)

O Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP) é um instituto de pesquisa interdisciplinar de renome internacional para as ciências sociais e humanidades. O CEBRAP conta com cerca de 60 doutorandos e igual número de pesquisadoras/es seniores, professoras/es de três das principais universidades do estado de São Paulo: a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O CEBRAP oferece uma excelente plataforma para o intercâmbio institucional local, bem como para redes no contexto regional e internacional. Além disso, o CEBRAP possui ampla experiência na obtenção de subvenções e gerenciamento de projetos de pesquisa internacionais com a Freie Universität Berlin, El Colegio de México, a Ford Foundation, UNDP, UNESCO, a União Europeia e a London School of Economics, entre diversas mais.

 

Instituto de Investigaciones en Humanidades y Ciencias Sociales (La Plata, Argentina)

O Instituto de Investigaciones en Humanidades y Ciencias Sociales (Instituto de Ciências Humanas e Sociais, IdIHCS) é um Instituto de Pesquisa conjunto do Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas  (Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas, CONICET) e da Universidad Nacional de La Plata (Universidade Nacional de La Plata, UNLP). Com 330 pesquisadoras/es (sendo 170 seniores e 160 juniores) e 16 unidades de pesquisa, é o maior Instituto de pesquisa conjunta para as ciências humanas e sociais na Argentina. As/os pesquisadoras/es seniores estão envolvidos no ensino da graduação e pós-graduação da Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación (Faculdade de Humanidades e Ciências da Educação, FAHCE) da Universidade. A instituição tem relações de colaboração de longa data com os membros alemães e latino-americanos do consórcio e amplas redes de contato na Argentina e em toda a América Latina. Diversos acordos de cooperação já foram assinados com o Ibero-Amerikanisches Institut, a Universität zu Köln e a Universidade de São Paulo.

 

El Colegio de México (Mexico City, Mexico)

El Colegio de México (O Colégio do México, COLMEX) é um centro público de excelência para a pesquisa e o ensino na área das humanidades e ciências sociais, considerada, neste campo, a instituição de maior destaque internacional do México. Em 2001, recebeu o prestigiado Prêmio Príncipe de Astúrias para as ciências sociais. Atualmente, aproximadamente 300 pesquisadoras/es estão conduzindo pesquisas dentro da COLMEX e o mesmo número de pesquisadoras/es juniores é treinado. Há intercâmbios de pesquisa ativos entre a instituição e a Freie Universität Berlin, o Ibero-Amerikanisches Institut e a Universität zu Köln. Um exemplo é o International Research Training Group “Entre Espacios” desenvolvido em conjunto com a Freie Universität Berlin e outras instituições.  O programa é financiado pela Deutsche Forschungsgemeinschaft (Fundação de Pesquisa Alemã, DFG ) e o Consejo Nacional de Ciencia y Tecnologia (Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia do México, CONACyT).