Mecila
15 set

Convivialidade à distância

Skatistas e cães na película chilena Los Reyes (2018), de Bettina Perut e Iván Osnovikoff

Goethe Institut

Sobre o evento

15 de setembro, 19.00 horas – Inscreva-se!

Convivialidade à distância: Skatistas e cães na película chilena Los Reyes (2018), de Bettina Perut e Iván Osnovikoff

Jörg Dünne (Universidade Humboldt de Berlim)

“Los Reyes” é o nome de um parque de pistas de skate no norte da capital do Chile, Santiago. Entretanto, os verdadeiros “reis” do documentário homônimo de Bettina Perut e Iván Osnovikoff de 2018 não são os jovens skatistas, mas sim dois cães de rua que vivem lá. Com base em exemplos de trechos de filmes que serão exibidos, a palestra explorará como o filme Los Reyes transformou os dois cães em protagonistas e o que isso significa para a narração cinematográfica de histórias de vida; além disso, também se trata de analisar como formas distanciadas de convivência entre diferentes espécies, ou seja, entre humanos, cães e outros seres vivos, podem emergir.

Jörg Dünne é Professor de Literaturas Românicas com foco em literatura em língua espanhola na Humboldt-Universität zu Berlin. Sua pesquisa se concentra em estudos literários e culturais do espaço, literatura e técnicas culturais, espetacularidade e catastrofismo, e literaturas no Antropoceno. Atualmente, ele está desenvolvendo um projeto sobre cães de rua na América Latina, como parte de sua bolsa de pesquisa no Mecila, em 2022.

 

Palestras Mecila: Convivência e desigualdade social na América Latina

Na série de palestras Mecila, pesquisadoras/es internacionais de ciências sociais e humanas apresentam ao público seu trabalho atual considerando as diferentes facetas de convivência e desigualdade social na América Latina.

Mecila, o Maria Sibylla Merian Centre Conviviality-Inequality in Latin America, é um centro de estudos avançados em ciências humanas e sociais financiado pelo Ministério Federal Alemão de Educação e Pesquisa (BMBF), com sede em São Paulo. O Centro é um consórcio acadêmico entre universidades e instituições de pesquisa da Alemanha, do México, da Argentina e do Brasil, e estuda as múltiplas inter-relações de convivialidade e desigualdade a partir de uma perspectiva interdisciplinar.